• Home
  • Esportes
  • Taubaté terá que esperar a volta do campeonato quando o coronavírus deixar
| 153

Créditos: Estádio Joaquim de Morais Filho

Taubaté terá que esperar a volta do campeonato quando o coronavírus deixar

O Taubaté terá que esperar a retomada do Campeonato Paulista da Série A-2 para saber se a sua atual condição de vice-líder será levada adiante, valendo acesso ao Paulistão de 2021. Em uma videoconferência longa, a maioria dos clubes, em votação apertada, aprovou a posição de espera até a pandemia do coronavírus permitir a volta do futebol.

Com o compromisso de fechar a competição e honrar contratos importantes como o da patrocinadora do campeonato, a Federação Paulista de Futebol conduziu a reunião em busca da decisão no campo de jogo.

Alguns clubes, que perderam o embalo financeiro do calendário normal, começaram dizendo que preferiam dar o campeonato por encerrado. Depois, pediram um aumento na cota de participação, negado pela Federação.

Sobre a possibilidade de os clubes não mais contarem com os jogadores que já tiveram o contrato encerrado, a Federação permitirá substituições na lista do 26 inscritos e também um aumento de atletas da Lista B, formada por garotos promovidos das categorias de base.

POSICIONAMENTO

Após a reunião, a Federação divulgou o seguinte quadro.

A Federação Paulista de Futebol e os Clubes do Campeonato Paulista Série A2 – 2020, em reunião virtual realizada nesta quinta-feira, 16 de abril de 2020, por unanimidade, chegaram ao seguinte entendimento sobre a situação atual provocada pelo COVID-19:

– Respeitando os milhões de torcedores, os parceiros comerciais dos clubes e da competição e ao Grupo Globo, detentor dos direitos de transmissão, o Campeonato Paulista Série A2 – 2020 será concluído em campo, conforme estabelece o regulamento da competição;

– Devido ao cenário de Pandemia, não foi definida nenhuma data para a retomada, que somente será acordada em nova videoconferência a ser agendada, seguindo as determinações das autoridades públicas de saúde;

– Os jogos poderão ser realizados inicialmente com portões fechados, evitando qualquer risco de aglomerações;

– O Campeonato cumprirá a Lei Pelé, o Estatuto do Torcedor e a Legislação geral vigente, bem como, o estatuto da Federação Paulista de Futebol e os regulamentos geral e específico da competição;

– A pedido dos clubes, para a conclusão do Campeonato, os Departamentos de Competições, Registro e Jurídico da FPF estudarão a possibilidade de inscrição de atletas de base que não se enquadrem nos critérios da Lista B já previstos;

– A Comissão Médica da FPF está trabalhando no desenvolvimento de um protocolo de segurança, que proteja a saúde e integridade de todos os envolvidos nos jogos.

A FPF e os clubes do Campeonato Paulista – Série A2 entendem que as dificuldades de organização de datas e a possibilidade de realização de jogos com portões fechados geram consequências comerciais e técnicas negativas para todos. No entanto, prevaleceu a convicção de todos de que a priorização da saúde e da segurança dos milhares de profissionais envolvidos no futebol se faz necessária nesse momento, e é o princípio que guiará todas as nossas decisões.






  • Fontes: MEON

Últimas Notícias