• Home
  • Política
  • Veja como ficam as restrições no litoral paulista neste final de semana de Páscoa
| 145

Veja como ficam as restrições no litoral paulista neste final de semana de Páscoa

Para quem pensa em descer a serra rumo ao litoral, veja abaixo as restrições sanitárias e os impedimentos para entrar nas 4 cidades do Litoral Norte.
Ilhabela
Na cidade de Ilhabela, a Prefeitura Municipal está exigindo de visitantes resultado negativo de teste RT-PCR, realizado no máximo 48h (quarenta e oito) horas antes do embarque no sistema travessia litorânea operada pela Dersa (balsa e catamarã). A medida não se aplica aos moradores do arquipélago – que devem possuir um dos seguintes documentos em seu nome: comprovante de endereço (conta de água, de luz, de telefone, de internet, de cartão bancário e congêneres), comprovante de matrícula dos filhos na rede pública ou privada do Município, contrato de locação, carnê de IPTU e título de eleitor.

Está autorizada a travessia de veículos destinados ao abastecimento de todos os estabelecimentos comerciais, bem como veículos vinculados aos serviços essenciais, como: de tratamento de esgoto e abastecimento e tratamento de água; de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica, gás e combustíveis; funerários; de telecomunicações; de processamento de dados ligados a serviços essenciais; de segurança privada (carro-forte e de escolta); de coleta e transbordo de lixo, resíduos e rejeitos (entrada vazia para a posterior saída cheia do Município); de imprensa.

A fiscalização do ingresso ao Município da Estância Balneária de Ilhabela será realizada no bolsão de embarque da travessia litorânea operada pela Dersa e contará com apoio da Polícia Militar, em especial os policiais em atividade delegada, conforme a Prefeitura de Ilhabela.

São Sebastião

A cidade de São Sebastião está realizando barreiras sanitárias nas suas divisas, com testagem em massa dos ocupantes dos veículos que entram no município. Ficam liberadas do teste para COVID-19 as pessoas que apresentarem laudo laboratorial impresso, de teste RT-PCR realizado 48h antes da chegada, atestando resultado negativo. Se a testagem indicar positivo para coronavírus, o visitante fica proibido de entrar no município, sob pena de incorrer nos Crimes Contra a Saúde Pública e no Crime de Desobediência, contidos no Código Penal Brasileiro, combinado com as demais legislações Estaduais e Municipais vigentes.

Caraguatatuba

Em Caraguatatuba, a administração municipal restringiu o acesso à Avenida Arthur da Costa Filho (Avenida da Praia) e às principais praias da cidade no feriado de Páscoa. O objetivo é impedir que as pessoas acessem a faixa de areia e promovam aglomerações. O atendimento presencial nos quiosques continua proibido, assim como o trabalho de ambulantes está suspenso neste período.

O acesso aos pontos turísticos da cidade (Mirante do Camaroeiro e Morro Santo Antônio) também será fechado, assim como as cachoeiras. Está vedada a reunião, concentração ou permanência de pessoas nos espaços públicos, em especial, nas praias e parques. Também ficam proibidas as instalações de cadeiras, mesas, guarda-sóis, tendas e similares, bem como caixas de som e itens de permanência.

Ubatuba

Em Ubatuba, serão montadas diversas barreiras em locais e horários variáveis, no intuito de fiscalizar o rodízio emergencial. A Prefeitura também estipulou adoção de rodízio emergencial de veículos de 26 de março a 04 de abril; proibição de estacionamento nas áreas rotativas próximas à orla; suspensão da emissão de senhas de acesso de vans e ônibus de turismo e das senhas já emitidas (que poderão ser remarcadas para outra data); barreiras sanitárias de orientação montadas no acesso à cidade; fechamento das praias a pessoas e veículos para todas as atividades que não caracterizem “esporte individual”; proibição da instalação de cadeira, tenda ou guarda-sol na faixa de areia e calçadão, sendo vedadas atividades e comportamentos que possam ocasionar qualquer tipo de aglomeração; fechamento de estabelecimentos comerciais de atração turística (museus, aquário, cinemas, shopping center).

Hotéis e pousadas têm autorização apenas para a estada de profissionais da saúde, população vulnerável em grupos de risco, familiares e amigos de pacientes internados ou com necessidade de cuidados médicos, profissionais ligados ao abastecimento de estabelecimentos de alimentação, profissionais de postos de combustível e derivados, armazéns, oficinas de veículos automotores, profissionais de segurança pública, profissionais de abastecimento de água, luz, gás e telecomunicações, tripulação de aeronaves, outros profissionais em serviço.






  • Fontes: MEON

Últimas Notícias