• Home
  • crime
  • Polícia revela esquema de fraudes em autoescolas
| 276

Polícia revela esquema de fraudes em autoescolas

Nesta semana, a Polícia Civil, através do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), lançou uma operação contra fraudes no Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP).


RMVALE
SJC: Polícia revela esquema de fraudes em autoescolas
Foram cumpridos 7 mandados de busca e apreensão
Escrito por Meon

21 JUN 2024 - 08H38

Divulgação
Nesta semana, a Polícia Civil, através do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), lançou uma operação contra fraudes no Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP).

+ Leia mais notícias da RMVale

+ Receba as notícias pelo Canal do Meon no WhatsApp

A ação, chamada de "Operação Trojan", focou em irregularidades praticadas em São José dos Campos e envolveu sete mandados de busca e apreensão contra proprietários de três autoescolas suspeitas de manipular dados de multas e pontuações em carteiras de habilitação.

Detalhes da Fraude

As investigações apontam que as fraudes eram realizadas com a ajuda de um hacker em Crato, Ceará. Este hacker teria invadido o sistema do Detran-SP, obtido senhas de acesso e vendido essas informações para os proprietários das autoescolas.

A operação resultou na apreensão de equipamentos eletrônicos e celulares contendo listas de placas de veículos para possíveis manipulações indevidas. Na casa de um dos suspeitos, foram encontrados moldes de impressões digitais de silicone, utilizados para burlar a presença de candidatos em aulas e exames para emissão de CNHs.

Esses moldes eram usados para falsificar a presença de alunos em aulas e exames práticos. Em outra operação na quarta-feira, a polícia encontrou 116 moldes de silicone em cabines de provas práticas na zona leste de São Paulo. Seis pessoas foram conduzidas à delegacia para prestar esclarecimentos.

Impacto Financeiro e Prisões

Os responsáveis pelas autoescolas movimentaram mais de R$ 3 milhões, supostamente provenientes das atividades ilícitas. A operação também incluiu a apreensão dos dispositivos eletrônicos do hacker no Ceará. A análise desses dispositivos pode revelar mais detalhes sobre o esquema e outros possíveis envolvidos.

Ações do Detran-SP e Penalidades

O Detran-SP, após tomar conhecimento das fraudes, suspendeu preventivamente as atividades das três autoescolas envolvidas. Além do processo criminal, os proprietários enfrentarão um processo administrativo que pode resultar na cassação do registro de credenciamento. As pessoas beneficiadas pelas fraudes também serão investigadas e poderão responder criminalmente.

Nos primeiros cinco meses de 2024, o Detran-SP realizou 2.186 fiscalizações em empresas e profissionais do setor, aplicando diversas penalidades por irregularidades. Em 2023, o órgão realizou 7.572 fiscalizações e aplicou 389 penalidades, incluindo advertências, suspensões e cassações de registros.

Denúncias e Combate à Corrupção

O Detran-SP incentiva os cidadãos a denunciar suspeitas de irregularidades através do Disque Denúncia 181 ou pelo site www.webdenuncia.org.br. Denúncias também podem ser feitas diretamente na Ouvidoria do Detran-SP no Portal do Detran-SP, onde é possível registrar informações detalhadas sobre irregularidades observadas.






  • Fontes: MEON

Últimas Notícias


Notícias relacionadas