• Home
  • Saúde
  • Mutirão de urologia de Taubaté custará 124% mais do que o previsto inicialmente
| 61

Mutirão de urologia de Taubaté custará 124% mais do que o previsto inicialmente

O mutirão de urologia vai custar 124% a mais do que a Prefeitura de Taubaté previa pagar no início.

Em vez de R$ 770 mil, como previsto no primeiro edital, a despesa será de R$ 1,725 milhão.
Esse foi o valor da proposta feita pelo Centro de Litotripsia de Taubaté, que venceu a licitação promovida pela Prefeitura – o valor máximo era de R$ 2,3 milhões.

O mutirão de urologia terá 17,7 mil procedimentos, como ultrassom de rins e de próstata, litotripsia, vasectomia e circuncisão, que serão realizados ao longo de 12 meses. Ainda não foi anunciada a data para o início dos atendimentos.

VALOR.

O primeiro edital era na modalidade chamamento público – a Prefeitura aceitava pagar o preço da tabela SUS (Sistema Único de Saúde) por procedimento. Apenas uma empresa fez proposta – justamente Centro de Litotripsia de Taubaté –, mas não quis dar andamento no processo, por considerar o valor baixo demais.


O segundo edital, já na modalidade pregão e com valor máximo de R$ 2,3 milhões, atraiu duas empresas (Urodoctas e Centro de Litotripsia). O Centro de Litotripsia chegou a apresentar a menor proposta, de R$ 1,05 milhão, mas as duas empresas acabaram inabilitadas por não atenderem todas as exigências do edital.

No terceiro edital, novamente participaram a Urodoctas e o Centro de Litotripsia. A Urodoctas fez a menor proposta (R$ 1,45 milhão), mas foi inabilitada por não atender todas as exigências do edital. O Centro de Litotripsia, então, foi declarado vencedor.






  • Fontes: O VALE

Últimas Notícias


Notícias relacionadas