| 163

LEI DO RETORNO

REFLEXÃO DO DIA
18.01.22

O amor e o ódio são vias de mão dupla, pois, a Lei do Retorno é tão infalível quanto implacável. Cada um de nós recebe na exata conformidade e qualidade do que distribui.

Amamos como podemos; sentimos a vida como a interpretamos; somos felizes quando reconhecemos o que nos faz feliz; nos pacificamos e abençoamos quando desejamos paz; enriquecemos quando aprendemos a nos doar e temos saúde quando aprendemos a valorizar o nosso corpo.

Ninguém pode ser por nós, viver por nós, sentir por nós. Somos o que somos, e não podemos nos esquecer de que somos cobrados também por nossa individualidade, mesmo na convivência com o nosso próximo.

Quem ama de verdade sabe dar valor aos segundos, sabe reconhecer na paciência uma companheira inseparável nas horas atribuladas. Quem ama não abre caminho para o ódio, e enxerga no olhar do outro o pedido de perdão.

Quem não odeia, ajuda o outro na superação de suas falhas e entende que o maior valor está no que se é, e não no que se possui. Quem ama se enche de felicidade com o que faz feliz o outro.

Quando nos identificamos com o amor, não precisamos que nos provem nada, sentimos tudo e reconhecemos os bons sentimentos onde quer que estejamos. E onde há amor e bondade, não há espaço para o ódio e o rancor.

Nesta terça-feira, completemos ou recarreguemos nossas baterias espirituais com as energias positivas do amor, e permaneceremos numa semana de paz e felicidade.








  • Fontes: CLAUDIO RODRIGUES