| 50

NÃO JULGUEIS....

REFLEXÃO DO DIA
27.11.21

Seria uma grande temeridade acharmos que alcançamos tamanho grau de perfeição, que nos permita julgar os atos de nossos semelhantes. Seria o mesmo que proclamar que não cometemos nenhum erro.

A vida nos induz a buscar a perfeição sempre, pois, para isso fomos criados com capacidade de raciocínio e inteligência, como a mais perfeita criação do Senhor dos Mundos.

Todos temos limitações naturais, e a percepção e julgamento da nossa vida e, principalmente, do nosso semelhante, está ligada ao nível e valor dos conhecimentos que adquirimos diariamente.

A tolerância, a bondade e o amor são ingredientes indispensáveis à aquisição de um dos sentimentos mais nobres do ser humano: a humildade.

Ao tomarmos posse desse sentimento, compreenderemos que todas as vezes que julgarmos as palavras ou atos de alguém, estaremos julgando a nós mesmos.

Quando realmente formos guiados pelo amor, analisaremos tudo sob a luz da compreensão e da compaixão. Os julgamentos cessarão, e a paz, a alegria e a felicidade estarão sempre presentes por onde quer que passemos ou estejamos.

Que este sábado nos propicie um tempinho para meditarmos sobre a importância de observarmos o preceito bíblico: "Não julgueis para não serdes julgados, pois, com a mesma medida com que julgardes, sereis julgados".






  • Fontes: HÉCTOR GUERRERO e CLÁUDIO RODRIGUES

Últimas Notícias