| 45

PRECONCEITO

REFLEXÃO DO DIA
22.11.21

Aquele que tem preconceito em relação a seu semelhante, ainda não desenvolveu a solidariedade, tampouco a compreensão, porque vislumbra o Universo através das janelas estreitas do prejulgamento, tão nocivo à convivência.

Com o passar do tempo e a evolução da consciência, o que quer que não tenhamos compreendido, nós mesmos criaremos essa compreensão, através da própria experiência, pois, aquele que não tiver solidariedade ainda sofrerá por falta dela.

Se em nosso íntimo ainda constatamos a existência de preconceito, poderemos não ser condenados pela lei, pois, dispomos de muitas experiências em nosso passado e no presente, através das quais, poderemos aprender e crescer como seres humanos.

É preciso apenas que observemos sem criticar ou julgar, e que deixemos nossos semelhantes terem a liberdade de ser como de fato são, sem culpá-los ou condená-los.

Desse modo, a sabedoria e a compreensão de cada momento e de cada um dos nossos semelhantes, nos permitirão livrar-nos da necessidade de sofrermos na própria pele a dor do preconceito que manifestarmos.

Se de fato, procuramos um caminho menos doloroso que o do preconceito, nos esforcemos para fazer da verdade uma meta de vida. Tomemos a alegria por bússola, a paz por companheira, o riso amável como expressão e o amor como forma de existência.

Pensemos um pouquinho sobre isso, nesta segunda-feira, e, ao nos corrigirmos, se for o caso, viveremos uma inevitável felicidade como consequência.






  • Fontes: HÉCTOR GUERRERO e CLÁUDIO RODRIGUES

Últimas Notícias