• Home
  • HOMENAGEM
  • Quem te ama verdadeiramente? Amor compromisso concreto
| 109

Quem te ama verdadeiramente? Amor compromisso concreto

Existe um vocabulário mágico em torno das seguintes palavras: amor, amado, amai-vos, alegria, felicidade. Quem se abstrai disto ama o contrário da vida.
A questão do amor preenche ou esvazia a vida, depende que como o compreendemos e principalmente o vivemos. O amor é para se levar a sério, afeta o nosso bem-estar, a nossa alegria, nossa vida da vida. Cada um de nós está jogando conscientemente ou não, a partida da própria felicidade e realização existencial e podemos dizer da própria eternidade.
O amor é plenitude e fragilidade, nele tudo se mistura: ternura, paixão, emoções, lágrimas, medos, sorrisos, sonhos e compromisso concreto.
O amor é sempre maravilhosamente complicado. Sempre artesanal, e como todo o trabalho artesanal pede mãos, tempo, cuidado, regras. O amor é liberdade, criatividade... O amor tem sua pedagogia que cura o desamor em dois tempos:
Primeiro: amai-vos uns aos outros. Não simplesmente: amai-vos. Mas: uns aos outros. Não se ama a humanidade em geral ou em teoria. Amam-se as pessoas uma a uma; ama-se este homem, esta mulher, esta criança, o pobre, o enfermo aqui ao lado, face a face, olhos nos olhos.
Segundo: amai-vos como Eu vos amei. Não diz “tanto como Eu”, porque nunca lá chegaríamos; mas “como eu”, com o meu estilo, com a minha maneira única: Ele que lava os pés aos grandes e abraça os pequenos; que vê alguém sofrer e experimenta um aperto no estômago; Ele que se comove e toca a carne, a pele, os olhos; que não manda ninguém embora; que nos obriga a tornarmo-nos grandes e acaricia e penteia nossas asas para que pensemos em grande e voemos longe.
Quem te ama verdadeiramente? O amor verdadeiro é aquele que te impele, insta, obriga a tornares-te tanto, infinitamente tanto, a tornares-te o melhor daquilo que podes tornar-te.
Como exemplo, podemos dizer: por isso aos filhos não servem coisas, mas pais e mães que dão horizontes e grandes asas, que os façam tornar o melhor daquilo que podem tornar-se. Mesmo quando parece que se esquecem de nós.O amor verdadeiro e profundo deve sempre abrir e alargar os horizontes da existência de cada pessoa. O amor deve nos fazer melhores e expandir o horizonte da felicidade.
Se amas, não erras. Se amas, não falharás a vida. Se amas, a tua vida será sempre um sucesso. Um sucesso no sentido de realização humana. O amor deve dilatar o coração e expandir o sentido da vida.
07.05.2021 Prof. Dr. José Pereira da Silva







  • Fontes: PROFESSOR DR. JOSÉ PEREIRA DA SILVA

Últimas Notícias