| 92

COMPORTAMENTO COLETIVO

*BREVIÁRIO MAÇÔNICO*

19 de março

O comportamento é um reflexo da personalidade e, obviamente, pode ser, por meio do conhecimento (instrução), alterado; a moral é o elemento básico do comportamento; a sociedade espera que seus membros aperfeiçoem o comportamento; normalmente, o comportamento tende a seguir pelo caminho do bem; em sentido inverso, o mau comportamento passa a ser um desvio de conduta.
Com a Iniciação maçônica, a instituição não pretende transformar o homem profano em um ser perfeito, diferente dos demais, criando uma figura especial.
Obviamente, como acontece nas religiões, o indivíduo que se dedica a amar o próximo exteriorizará um comportamento social cada vez melhor.
No entanto, o comportamento maçônico difere do comportamento profano. A diferença reside no fato de o maçom viver em Loja e conviver com outros maçons, em uma permuta constante de suas virtudes que afloram do seu interior espiritual.
Diz o sábio ditado: "Dize-me com quem andas, que te direis quem és".
O maçom deve ter sempre presente o fato de que pertence a um grupo seleto, formado por iniciados.
O seu comportamento dever ser excepcionalmente bom, em todos os sentidos.

Breviário Maçônico / Rizzardo da Camino.







Mais Fotos

  • Fontes: GRUPO GI APR

Últimas Notícias


Notícias relacionadas