| 57

O CAOS

*BREVIÁRIO MAÇÔNICO*

5 de março

O vocábulo caos é de origem grega e significa "desordem e confusão universal".
Quando Deus se dispôs a construir o mundo, tinha como elemento uma massa uniforme, úmida e confusa; daquele desordenamento, separou inicialmente as trevas da luz, a água da terra, dela e surgiu o vegetal, para depois criar os animais e, por fim, o homem.
Em todas as religiões e civilizações há a presença de um "caos", obviamente com variadas denominações: "Svabanat", para o budismo; "Akasha" para os Puranas; "Tohu-va-Bohu", descrito no livro do Gênesis; "Neith" para os etruscos etc.
Maçonicamente, diz respeito à intelectualidade; a ignorância seria o caos mental.
A Maçonaria combate a ignorância, o que equivale a combater o caos. A ignorância conduz a uma série de males, uma vez que impede o uso da mente, sufoca a inteligência, anima a soberba, enfim, a vida exige cautela e discernimento.
O maçom deve aprimorar sua educação e ampliar o seu conhecimento em um esforço constante e, assim, afastar o caos que tem sido a raiz dos males sociais.

Breviário Maçônico / Rizzardo da Camino.






  • Fontes: GRUPO GI APR