| 58

VOCÊ SABIA ?

FRANCISCO DE PAULA TOLEDO

Como você não sabe, até 1870 a região mais rica do Brasil na produção do café era o Vale do Paraíba.
* * *
Queira sentar-se que lá vem história...
* * *
Com o fim do tráfico negreiro e a Abolição da Escravatura, tornou-e urgente a solução da falta de mão de obra a região.
* * *
O fazendeiro Francisco de Paula Toledo- cuja foto as minhas secretinas selecionaram para hoje nos meus Archivos Implacáveis, assinou um contrato com o Ministério da Agricultura para a formação de um núcleo colonial em sua fazenda em Quiririm.
* * *
Lá ele cedeu metade mas terras, sem remuneração alguma, para o loteamento por parte do Governo Federal.
* * *
No dia 2 de Novembro de 1891 chegaram em Taubaté, em trem especial, 400 imigrantes italianos. A Colonia localizou-se na região banhada pelo Rio Quiririm.
* * *
A chegada dos italianos foi de extraordinária importância, trazendo de imediato progressos relevantes à região, com o cultivo do arroz e da batata, abrindo uma nova era para a lavoura no Vale do Paraíba, chegando a liderar a produção do arroz no Estado de SP.
* * *
Outra atividade desempenhada pelos italianos foi a Olaria. Alguns colonos abandonaram a Agricultura tornando-se oleiros contatando ex-escravos para os serviços mais pesados.
* * *
Assim nasceu na região a indústria da cerâmica, passando as casas de eram da pau à pique e de taipa de pilão para a casa de alvenaria.
* * *
Francisco de Paula Fernandes participou de quase todas as iniciativas em prol do desenvolvimento de Taubaté na segunda metade do Século 19, destacando-se na obra de construção do primeiro Hospital Santa Isabel, um novo cemitério em lugar daquele que existia nas proximidades do Largo do Teatro onde seria construída mais tarde a Fábrica de Louças Santa Cruz.
* * *
Fundada a Colonia Italiana, foram muitas as famílias que se fixaram no local: Barbieri, Bettoni, Botan, Botossi, Cadorini, Camonesi, Canavezi, Cipola, Compiani, Corbani, Crozariol, Danelli, Dragoni, Farabulini, Gadioli, Giovanelli,Guarnieri, Indiani, Lippi, Mancastropi, Ponsoni, Manfredini, Mariotto, Montesi, Mazini, Naldi, Pelogia, Piccina,Pistili, Ronconi, Rossi, Sávio, Scarenzi, Soldi, Taino, Tarone, Turci,Valério, Vaqueli, Verdelli,Vialta, Zanini.
* * *
Isso posto.....que venha a vacina.... Como você não sabe, até 1870 a região mais rica do Brasil na produção do café era o Vale do Paraíba.
* * *
Queira sentar-se que lá vem história...
* * *
Com o fim do tráfico negreiro e a Abolição da Escravatura, tornou-e urgente a solução da falta de mão de obra a região.
* * *
O fazendeiro Francisco de Paula Toledo- cuja foto as minhas secretinas selecionaram para hoje nos meus Archivos Implacáveis, assinou um contrato com o Ministério da Agricultura para a formação de um núcleo colonial em sua fazenda em Quiririm.
* * *
Lá ele cedeu metade mas terras, sem remuneração alguma, para o loteamento por parte do Governo Federal.
* * *
No dia 2 de Novembro de 1891 chegaram em Taubaté, em trem especial, 400 imigrantes italianos. A Colonia localizou-se na região banhada pelo Rio Quiririm.
* * *
A chegada dos italianos foi de extraordinária importância, trazendo de imediato progressos relevantes à região, com o cultivo do arroz e da batata, abrindo uma nova era para a lavoura no Vale do Paraíba, chegando a liderar a produção do arroz no Estado de SP.
* * *
Outra atividade desempenhada pelos italianos foi a Olaria. Alguns colonos abandonaram a Agricultura tornando-se oleiros contatando ex-escravos para os serviços mais pesados.
* * *
Assim nasceu na região a indústria da cerâmica, passando as casas de eram da pau à pique e de taipa de pilão para a casa de alvenaria.
* * *
Francisco de Paula Fernandes participou de quase todas as iniciativas em prol do desenvolvimento de Taubaté na segunda metade do Século 19, destacando-se na obra de construção do primeiro Hospital Santa Isabel, um novo cemitério em lugar daquele que existia nas proximidades do Largo do Teatro onde seria construída mais tarde a Fábrica de Louças Santa Cruz.
* * *
Fundada a Colonia Italiana, foram muitas as famílias que se fixaram no local: Barbieri, Bettoni, Botan, Botossi, Cadorini, Camonesi, Canavezi, Cipola, Compiani, Corbani, Crozariol, Danelli, Dragoni, Farabulini, Gadioli, Giovanelli,Guarnieri, Indiani, Lippi, Mancastropi, Ponsoni, Manfredini, Mariotto, Montesi, Mazini, Naldi, Pelogia, Piccina,Pistili, Ronconi, Rossi, Sávio, Scarenzi, Soldi, Taino, Tarone, Turci,Valério, Vaqueli, Verdelli,Vialta, Zanini.
* * *
Isso posto.....que venha a vacina....






  • Fontes: JOSÉ DINIZ JUNIOR