• Home
  • REFLEXÃO
  • TRABALHAR PARA UMA HUMANIDADE MAIS JUSTA E FRATERNA
| 58

TRABALHAR PARA UMA HUMANIDADE MAIS JUSTA E FRATERNA

REFLEXÃO DO DIA
26.11.20

O anseio de todas as pessoas do bem é entender e trabalhar por uma humanidade realmente mais "humana", mais fraterna, resgatando a grande "família universal" que sabemos que somos, pois, somos todos, filhos da Criação Divina.

E na luta por essa recomposição familiar, cada um de nós tem a sua cota de responsabilidade para conosco mesmos e para com o próximo. No momento em que desprezamos a fraternidade, plantamos muitos dos espinhos que surgem em nossa vida em forma de problemas, os mais variados.

A fraternidade não é apenas um lembrete que o Divino Mestre nos deixou na exemplificação da sua passagem humana entre nós aqui na terra. A fraternidade é uma Lei Espiritual que rege nossa vida, pois visa estabelecer o equilíbrio das relações humanas.

Quando deixamos de ser fraternos, isto é, deixamos de tratar o próximo como nosso irmão, estamos nos mergulhando em zonas de desequilíbrio espiritual e os problemas que fatalmente surgirão em nossa vida funcionarão como alerta para que regressemos o quanto antes ao caminho da fraternidade, para o resgate da "Família Divina".

E, neste caminho, o exercício do perdão, da tolerância e da caridade são práticas de amparo à nós mesmos. As boas sementes que plantamos na terra alheia, gerarão flores e frutos cujos pólens antes, e sementes dos frutos depois, retornarão à nossa seara trazidas pelos benfazejos ventos e pela liberdade dos pássaros, na inevitável Lei do Retorno da boa semeadura.

Nesta quinta-feira, façamos a nossa parte, por menor que seja, reforçando os laços da verdadeira fraternidade que nos une aos nossos familiares e a todos que nos cercam, plantando a "boa semente".







Mais Fotos

  • Fontes: HÉCTOR GUERRERO e CLÁUDIO RODRIGUES